PERCEPÇÃO DOS ACADÊMICOS SOBRE A VIVÊNCIA DE FISIOTERAPIA NA ATENÇÃO PRIMÁRIA NA DISCIPLINA COMPLEMENTAR DE GRADUAÇÃO NA COMUNIDADE SÃO JOSÉ/SANTA MARIA

Maíra Machado da Silva, Danuza Teixeira Corrêa, Camila dos Santos Dias, Cássio Leandro Biasi, Êmille dos Santos, Maria Saleti Lock Vogt

Resumo



OBJETIVO: O objetivo deste trabalho visa apresentar a percepção que acadêmicos do curso de fisioterapia tiveram ao longo da disciplina complementar de graduação (DCG), denominada Fisioterapia na Atenção Primária a Saúde, realizada junto à comunidade abrangida pela Estratégia Saúde da Família - S. José, em Santa Maria/RS. METODOLOGIA: Através de uma leitura qualitativa, tendo como referencial a sistematização proposta por Minayo¹. Participaram do estudo 14 acadêmicos, através de um parecer auto-avaliativo ao final da disciplina. RESULTADOS: Os resultados foram separados em três categorias, de acordo com as questões contidas no parecer, sendo estas: facilidades para aprendizagem, dificuldades e sugestões para as dificuldades, e auto-avaliação sobre a experiência de aprendizagem na atividade. CONCLUSÃO: Observou-se a satisfação dos acadêmicos com a DCG “Fisioterapia na Atenção Primária à Saúde” e puderam com essa experiência comprovar a importância da inclusão do fisioterapeuta no Programa de Saúde da Família.

 

http://dx.doi.org/10.5902/223658343644


Texto completo: PDF

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

Acessos desde 08/08/2013.

 

Versão online eISSN 2236-5834

Versão impressa ISSN 0103-4499

 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 2.5 Brasil.