Cultura organizacional no setor público: um estudo junto a um departamento administrativo de uma universidade federal brasileira?

Rodrigo Rorato, Evandro Dotto Dias

Resumo


A cultura organizacional é um tema complexo e constantemente em estudo por especialistas e pesquisadores de todo o mundo, pela sua relevância na compreensão do funcionamento das organizações. No entanto, esse tipo de estudo ainda não foi totalmente difundido nas organizações públicas brasileiras, principalmente em universidades federais. Por isso, este trabalho tem como objetivo geral identificar a cultura organizacional sob os pontos de vista pessoal e institucional em um departamento administrativo da Universidade Federal de Santa Maria, através de uma relação com os quatro deuses gregos (Zeus, Apolo, Atena e Dionísio) que refletem a forma como são conduzidas as políticas e estratégias em uma organização, segundo Handy (1994). Por meio de um levantamento realizado com os funcionários do referido departamento, os resultados obtidos permitiram a conclusão de que há a predominância da cultura organizacional do tipo Apolo na ótica institucional e do tipo Atena na ótica pessoal. Um comparativo feito entre as características predominantes em cada uma dessas culturas mostrou uma divergência entre os anseios dos colaboradores e a forma como a organização age no seu dia a dia, conforme os pontos abordados pela pesquisa e apresentados na análise dos resultados.


Texto completo: PDF

Licença Creative Commons

Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

Revista de Administração da UFSM.Brazilian Journal of Management

Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil, eISSN 1983-4659 Fone/fax: (55)32209242