Análise do índice de especulação de valor agregado para empresas de capital aberto negociadas na Bovespa

Wesley Vieira da Silva, Felipe Belão Iubel, Liliane Gomes, Jansen Maia Del Corso

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo evidenciar o ciclo de vida dos diferentes setores da atividade econômica na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Para tanto, foram pesquisados dados de 30 empresas, sendo selecionadas três organizações de cada setor da atividade econômica que negociam papéis na Bovespa. Utilizaram-se, na análise, dados dos balanços patrimoniais trimestrais, com período compreendido entre dezembro de 2000 e março de 2006. Desenvolveu-se a pesquisa a partir da aplicação do Índice de Especulação de Valor Agregado (IEVA), considerando-se a relação com o modelo Capital Asset Pricing Model (CAPM). Os resultados auferidos demonstram que o IEVA aplicado setor a setor da atividade econômica evidencia diferenças entre os mesmos setores, bem como, influi na performance dos resultados da Bovespa no período pesquisado. Além disso, o IEVA contribui com a compreensão da formação do valor econômico das empresas, uma vez que, mesmo os setores da atividade compostos por empresas mais consolidados, encontram-se num patamar em que, embora o desempenho operacional seja superior às expectativas de mercado, existe uma grande heterogeneidade entre elas, contribuindo, de alguma forma, com a quantificação do risco de investimentos dos setores analisados.

Texto completo: PDF

Licença Creative Commons

Esta obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

Revista de Administração da UFSM.Brazilian Journal of Management

Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, Rio Grande do Sul, Brasil, eISSN 1983-4659 Fone/fax: (55)32209242